Responsabilidade com os mineiros

 

De 2015 a 2018, a Assembleia Legislativa enfrentou os principais desafios de Minas Gerais com responsabilidade. Trabalhou para o equilíbrio fiscal, reduziu gastos, incorporou nas ações do Estado a agenda popular e inovou para garantir a participação do cidadão no dia a dia do Parlamento.

O trabalho continua em 2019 com o mesmo compromisso: enfrentar os desafios com responsabilidade e diálogo.

 

Saiba mais sobre a atuação da ALMG

 

Desafios

Cortar gastos

Cortar gastos

Uma gestão eficiente dos recursos públicos atingiu o próprio Poder Legislativo, que diminuiu eventos, viagens e transporte.

Acertar as contas

Acertar as contas

Comissão do Acerto de Contas, Refis e renegociação da dívida de Minas foram algumas das ações para buscar o equilíbrio fiscal.

Inovar

Inovar

Novos canais de comunicação permitem ao cidadão acompanhar e participar ao vivo de reuniões realizadas no Legislativo.

Planejar

Planejar o futuro

A revisão do planejamento de Minas, feita com a população, contribuiu para uma agenda em sintonia com a sociedade.



Linha do Tempo - 2015 a 2018

Outros temas que pautaram as atividades

A Assembleia promoveu eventos para discutir os direitos das mulheres e das pessoas com deficiência, as cadeias produtivas da agropecuária, a crise hídrica e a proteção aos animais. Além disso, o Parlamento mineiro desempenha papel fundamental na mediação entre os servidores da educação e o Poder Executivo e na defesa da cultura de Minas. Participação e formação política também marcaram as atividades na ALMG.


Veja todas as ações:


Deputado Felipe Attiê (PTB) analisa a 18ª legislatura

O deputado Felipe Attiê, que é especialista em finanças públicas, fala da crise fiscal em Minas e no país. Attiê destaca a queda do PIB estadual em 4% já em 2015. Segundo ele, isso derrubou as receitas públicas, ao mesmo tempo em que as despesas continuaram a crescer.O parlamentar também critica o desvio de 5 bilhões de reais de depósitos judiciais, destinados a pagar ações na Justiça, para quitar dívidas do governo Fernando Pimentel, ainda no início da administração do Estado. O deputado avalia, ainda, que Minas Gerais está em situação de calamidade hoje, com 14 bilhões de reais em débitos reconhecidos pelo próprio Executivo e 35 milhões de reais em restos a pagar. Um endividamento que, segundo ele, ficará para o próximo ocupante do Palácio da Liberdade. Leia mais

17:00
Veja um balanço da 18ª legislatura

O fim do período de votações marca também o término de mais uma legislatura na Assembleia. Deputados empossados quase quatro anos atrás estão fechando mais um ciclo de atividades do parlamento estadual e um pouco do que foi feito nesse período você acompanha agora. Leia mais

04:09
Deputada Geisa Teixeira (PT) analisa a 18ª Legislatura

A deputada Geisa Teixeira destaca projetos de lei, recentemente aprovados pelo Plenário, sobre o combate à violência obstétrica em Minas. Ela ressalta a importância de debates pelo interior do Estado e da participação da população nas discussões do Parlamento. Uma das audiências públicas avaliadas foi a que debateu um impasse quanto ao uso das margens do Lago de Furnas, em Capitólio, no Sul de Minas. A deputada ainda analisa avanços da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e a crise fiscal no Estado e no País. Leia mais

10:27