Caparaó

 

Dados da região

Perfil
População: 676 mil
População - Manhuaçu: 91 mil
Municípios (55): Abre Campo, Acaiaca, Alto Caparaó, Alvinópolis, Amparo do Serra, Araponga, Barra Longa, Cajuri, Canaã, Caparaó, Caputira, Chalé, Conceição de Ipanema, Diogo de Vasconcelos, Dom Silvério, Durandé, Guaraciaba, Ipanema, Jequeri, Lajinha, Luisburgo, Manhuaçu, Manhumirim, Martins Soares, Matipó, Mutum, Oratórios, Paula Cândido, Pedra do Anta, Piedade de Ponte Nova, Pocrane, Ponte Nova, Porto Firme, Alto Jequitibá, Raul Soares, Reduto, Rio Casca, Rio Doce, Santa Cruz do Escalvado, Santa Margarida, Santana do Manhuaçu, Santo Antônio do Grama, São João do Manhuaçu, São José do Goiabal, São José do Mantimento, São Miguel do Anta, São Pedro dos Ferros, Sem-Peixe, Sericita, Simonésia, Taparuba, Teixeiras, Urucânia, Vermelho Novo, Viçosa.

 

Economia
Proporção de pobres (1/2 salário mínimo per capita): 281 mil pessoas (42%)
PIB: R$ 11,3 bilhões (2% do PIB do Estado)
Composição setorial: serviços - 65%; indústria - 17%; agropecuária - 18%
Principais produtos da agropecuária: café Arábica, leite, cana-de-açúcar

 

Manhuaçu

Economia
Proporção de pobres (1/2 salário mínimo per capita): 33%
Principais produtos da agropecuária: café, leite, milho
Desemprego: em 2020, Manhuaçu teve saldo de 289  novos postos de trabalho criados, resultado 34% menor que em 2019, de 844  empregos gerados
Empresas fechadas: em 2020, 488 empresas foram fechadas em Manhuaçu.

 

Principais impactos da pandemia informados por participantes:

 

A Associação Comercial, Indústria e Lavoura de Raul Soares (Acir) fez uma pesquisa recente. Veja as informações sobre o impacto econômico até o momento da pandemia de Covid- 19.
Segmentos considerados: varejo de roupas, sapatos, acessórios e afins, produção musical, drogarias, papelarias, móveis, eletrodomésticos e eletrônicos, supermercados, mercearias, lanchonetes, restaurantes, construção civil, etc.

  • Desde o começo da Pandemia até o atual momento você precisou demitir algum funcionário?
    48,7 % das empresas que responderam que demitiram um ou mais funcionários.
  • Você ficou sem pagar os funcionários em algum mês?
    20,5% das empresas que responderam não conseguiram pagar os funcionários.
  • Sua empresa contraiu alguma dívida nesse período por inadimplência de contas em aberto?
    33,3% das empresas que responderam contraíram dívidas para salvar suas empresas.
  • Você precisou contar com algum recurso externo para manter o funcionamento da sua empresa?
    78,8% das empresas que responderam precisaram contar com recurso externo para se manterem vivas.
  • Quanto foi necessário contrair de dívida para salvar sua empresa?
    89,7% das empresas que responderam à pesquisa, contraíram dívidas ou mexeram em suas economias pessoais, se endividando em valores entre R$ 5.000,00 e R$ 100.000,00.
  • Qual a sua principal dificuldade nesse período?
    100% das empresas que responderam à pesquisa listaram em suas principais dificuldades: volume muito baixo de vendas, falta de recursos para pagar as despesas das empresas e manter os funcionários.
    Considerando a pesquisa entendemos que o IMPACTO econômico se resume em DESEMPREGO, empresas endividadas e volume muito baixo de vendas.